Mudamos!

outubro 16, 2010 § Deixe um comentário

O Arteando está em novo endereço:

http://arteando.fiz.art.br/

Agradeço ao WordPress por nos hospedar e fornecer tão bons serviços em todo esse tempo. Agora estamos com casa própria! Até lá!

Curso de história da arte na Pinacoteca/2010

outubro 15, 2010 § Deixe um comentário

Ótima oportunidade para quem se interessa por história da arte e arte brasileira!

No próximo sábado (16/10) começa uma série de apresentações de dissertações de pesquisadores em História da Arte focadas em artistas que têm obras expostas na Pinacoteca.

A iniciativa é interessante não só para a divulgação do tema em si, como forma de aproximar o público da arte e incentivar a sua compreensão,  mas também trazê-lo de dentro do mundo acadêmico para esse público. Isto é, sair do ambiente fechado e isolado nos campi das universidades públicas, frequentados por uma minoria, para aqueles que não fazem parte desse mundo das pesquisas acadêmicas.

A participação é gratuita e o programa você pode conferir a seguir.

Atenção! As informações são de responsabilidade e tutela da Pinacoteca do Estado de SP. Este blog apenas divulga as oportunidades de estudo de história da arte. =)


Submarino.com.br

Exposição “Corinthians, 100 fotos”

setembro 7, 2010 § 1 comentário

É visita obrigatória a todos os corinthianos, bem recomendada aos fãs de futebol e uma boa dica aos amantes do fotojornalismo a exposição Corinthians, 100 fotos, que faz parte das comemorações do seu centenário.
Além de contar um pouco da história do time e do próprio futebol no país por meio de imagens, a exposição traz cenas dos bastidores desse trabalho às quais raramente o grande público tem acesso. Imagens bem diferentes daquelas que costumamos ver nas capas dos jornais e dos portais, nos melhores momentos da televisão e nas entrevistas coletivas, captadas pelo olhar do fotógrafo oficial do Corinthians, Daniel Augusto Jr.

Corinthians, 100 fotos
Palestra e abertura da exposição
13/9 às 19h30
Senac Lapa Scipião. R. Scipião, 67 – Lapa (Auditório)
Curadoria: João Kulcsár
Gratuito (vagas limitadas, sujeitas à lotação)

Exposição
14/9 a 23/10
2ª a 6ª, das 9 às 21 horas e sábados, das 9 às 16 horas
Senac Lapa Scipião. R. Scipião, 67 – Lapa
(11) 3475-2200
Gratuito

Corinthians Campeao Paulista 2009: Invicto e Fenomenal 

Compre aqui

Panteão de Roma

agosto 26, 2010 § Deixe um comentário

O Panteão é um dos cartões-postais de Roma e, assim como aquele cidade inteira, carrega um bocado de história.

A costrução deste edifício notável data de 27 a.C. e é obra de Marco Agrippa, cônsul da república e braço direito e genro do imperador Augusto. Isso quem nos diz é a inscrição na frente do pórtico:

M.AGRIPPA.L.F.COS.TERTIVM.FECIT
(“Marcus Agrippa, filho de Lucius, cônsul pela terceira vez, fez”)

Sabe-se que o terceiro consulado de Agrippa foi em 27 a.C., e são esses pequenos detalhes que muitas vezes datam a História. Cônsul é o título mais alto da república romana.

O Panteão ficou quase destruído depois de um incêndio em 80 d.C. Na época, foi restaurado por Domiziano, mas entre 118 e 128 d.C. foi quase totalmente refeito pelo imperador Adriano, com significativas alterações no projeto original de Agrippa e ficando com a forma que o conhecemos hoje.

Também outro passou a ser o destino do edifício. O nome “Panteão” significa “templo de todas as divindades”, mas este é um nome que podemos aplicar ao Panteão de Adriano. Sabemos que o edifício de Agrippa não era chamado assim e se destinava a uma espécie de culto imperial em homenagem à família de Augusto.

Mais tarde, já no Renascimento, passou a abrigar também a sepultura de alguns (pouquíssimos) personagens ilustres. O mais famoso deles é, sem dúvida, do pintor renascentista Rafael. Além dele estão o pintor Annibale Carraci, o arquiteto Baldassare Peruzzi e o músico Arcangelo Corellli.

O estato de conservação do Panteão é impecável, e não foi por acaso que o edifício sobreviveu inteiro a séculos de guerras e invasões: teve a sorte – ao menos do ponto de vista histórico – de tornar-se uma igreja católica muito cedo. Em 608 d.C., Focas, o imperador romano do Oriente, em troca do reconhecimento dos seus atos doa o Panteão à Igreja Católica, que o transforma na igreja Santa Maria dos Mártires.

Ao vivo, num primeiro momento o Panteão parece menor do que a imagem monumental que temos só por foto. Mas logo em seguida, o sentimento é de admiração e incredulidade. É verdade que a chuva não entra por esse buraco no teto? Alguns dizem que sim, se a chuva for fraca; outros dizem que é só impressão. O importante é, diante de tantas construções grandiosas que já conhecemos, imaginar como seria se esta fosse uma das únicas, talvez a única, como era para os antigos romanos. Mais ainda é perceber que, mesmo depois de construirmos e conhecermos centenas delas, essa continua imponente.


Fonte: Arte e archeologia del mondo romano. M. Torelli / M. Menichetti / G.L. Grassigli. Milano, Longanesi, 2008

Exposição: gravuras do ateliê de P.P.Rubens

julho 13, 2010 § 1 comentário

Quer assistir a uma aula de história da arte gratuita sobre Peter Paul Rubens? Então vá ao Conjunto Nacional, em São Paulo, e confira a exposição Rubens e seu ateliê de gravura, no espaço Caixa Cultural.

A exposição em si traz apenas as reproduções de obras suas realizadas por seu ateliê. Usando técnicas de artes gráficas (xilogravura, gravura em metal, gravura a buril e água-forte), seus colaboradores reproduziam os quadros do mestre, em escala menor mas com altíssima qualidade. Todas as gravuras, sem exceção, só saíam do ateliê com a aprovação de Rubens.

Embora sejam apenas gravuras e nenhuma de autoria do próprio, a exposição pode não cativar o grande público, normalmente mais atraído pelas cores e dimensões da pintura a óleo. Para estes, é obrigatória a visita ao andar superior, onde é exibido um filme de 50 minutos sobre a vida e obra de Rubens, seus mestres inspiradores e as gerações e movimentos que ele, por sua vez, influenciou.

O filme é uma pequena aula de história da arte, do barroco e da arte moderna no geral, assim como os textos que acompanham as obras expostas. Não esqueça de pedir o folder da exposição, que traz impressos esses textos e ainda algumas obras de Rubens e gravuras presentas na mostra.

Rubens e seu ateliê de gravura
Até 25 de julho de 2010
Espaço Caixa Cultural – Conjunto Nacional, av. Paulista, metrô consolação
Grátis

Curso gratuito de história da arte na Pinacoteca

setembro 25, 2009 § 13 Comentários

*** ATENÇÃO: Os cursos divulgados aqui não têm qualquer relação com a autora deste blog. Eventuais informações devem ser solicitadas diretamente às instituições que ministram os cursos. ***

Não podia deixar de divulgar!

A Pinacoteca vai oferecer um curso de história da arte contemporânea que começa no próximo dia 10 de outubro. Serão 6 aulas, aos sábados, e o curso será gratuito, portanto, corra. As vagas são limitadas.

Clique na imagem abaixo para as informações completas:

Curso de história da arte Pinacoteca

Este blog não está esquecido.

setembro 1, 2009 § 2 Comentários

Apenas aguardando a minha nova vida florentina se estabilizar. Coisa boa pra escrever é o que não falta! Aguardemmm…

  • Arteando é um espaço para a divulgação das artes. As de hoje e as de ontem. Cursos, exposições, notícias, dicas e história da arte. Saiba mais
  • Livros - Submarino.com.br