Blindness – agora eu vi

outubro 10, 2008 § 1 comentário

Ensaio Sobre a Cegueira. Autor: José Saramago. Ano de publicação: 1995. Idioma: português.

Segundo livro do Saramago que eu li. Entrou para a minha lista de livros preferidos.

Fala de uma epidemia misteriosa que deixa as pessoas cegas de repente, uma cegueira branca. O pavor toma conta das autoridades e os infectados são isolados e abandonados com a própria cegueira, com exceção de uma mulher que estranhamente não foi infectada. Essa personagem passa a ser secretamente a única a ver o processo de degradação daquelas pessoas. Ela e você, o leitor, compartilham a narrativa do que vai acontecendo.

Agora o filme. Antes:

1. Leia o livro antes de ver o filme;
2. Se não aguentar: não espere um filme a la Hollywood, não espere maiores explicações (se seguiu a orientação n.1, não vai precisar desta).

Agora o filme. Blindness. Diretor: Fernando Meirelles. Ano de lançamento: 2008. Ainda não consigo definir o filme para mim porque, antes de qualquer coisa, foi uma reprodução excelente de um livro excelente e pensar nele apenas como filme ainda não dá.

O espectador não só compartilha com a mulher do médico a condição de ser o único que pode ver. Por vários momentos, também a nós afeta a cegueira branca – e às vezes negra.

Sei lá se porque o Saramago tem esse jeito de vovô-contando-história-sentado-na-cadeira-na-beira-do-passeio (como o meu vô, tal qual Saramago, chamava a calçada), ou se porque você precisa fazer um ligeiro esforço mental para colocar as interrogações onde deveria haver e não há (acho a falta de interrgoação e exclamação mais trabalhosos de interpretar que a falta de pontos), mas o livro me deixou muito menos agoniada que o filme.

Um pouco deve ser porque eu sabia o que estava por vir. No livro, antes dos ditadores da ala 3 dominarem tudo, já era necessário o racionamento de comida, quando os guardas continuaram dando a mesma quantidade de comida mesmo quando chegou mais gente. Me incomoda essa idéia de racionar comida, sabe?

E o abuso dos bandidos, a repressão, o cúmulo a que chegou a situação, a agonia que isso tudo dá! Assistir ao filme é uma experiência em si. Fernando Meirelles está por lá à toa.

Sobre o livro e o filme, ainda teria muito o que falar, mas vale mais a pena vivenciar. Os dois.

O trocadiho do título foi sem querer. Juro

Se quiser ler, tem na web:
Livros de Saramago:
http://www.clube-de-leituras.pt/index.php?s=autores&id=17
Ensaio Sobre a Cegueira (direto):
http://www.clube-de-leituras.pt/upload/e_livros/clle000123.pdf

Anúncios

Marcado:, ,

§ Uma Resposta para Blindness – agora eu vi

  • Si disse:

    Ainda não vi, mas li o livro anos atrás, no anao passado participei de um work de dança sobre o livro, aliás… tem um espetáculo de dança sobre a história e acho q vai gostar é o “A nudez dos Olhos” da Cia Fragmentos de Dança – muuuuuuuuuuuuuuito bom!
    bjinhus
    bons textos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Blindness – agora eu vi no Arteando.

Meta

%d blogueiros gostam disto: